Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3
Inicio / Blog / Autoconhecimento / Pó de Sim! Matéria da Capa da Revista Muy Guapa

Pó de Sim! Matéria da Capa da Revista Muy Guapa

Se você pensa que pode, ou se pensa que não pode,

em ambas as situações você está correto.

Henry Ford

Você já se questionou alguma vez, qual é o motivo que leva algumas pessoas a conseguirem alcançar seus objetivos e outras não? Por que alguns fazem sucesso enquanto outros não conseguem dar um passo adiante em seus negócios? Certamente você também tem amigos e conhecidos, ou pelo menos escutou falar de alguém que alcançou, conquistou, talvez ganhou algo ou alguma coisa importante que alterou o rumo de sua vida. Sei que também conhece pessoas que mudaram de um emprego para outro muito melhor, da mesma forma que outros perdem seus empregos e ficam estagnados sem trabalho.

Todos conhecemos pessoas que estão sempre mudando várias vezes de um emprego para outro, de uma profissão para outra, estão sempre buscando um trabalho que possa trazer os benefícios para ter uma vida melhor e mais regrada, mas no final das contas só alguns poucos conseguem. Muitos nem sabem o que estão procurando ou se já alcançou o que buscava. Muitos fazem cursos, faculdade, pós-graduação, outros abrem negócios disso ou daquilo e nunca “acertam o ponto”, são colecionadores de certificados e de experiências que não deram muito certo.

18700096_1702162169801613_248083171550850014_nTenho diversos pacientes, alunos e amigos que fizeram ou fazem faculdade apenas para agradar o pai ou a mãe. É uma questão de mérito, de credibilidade com a família. Outros também tem que cuidar dos negócios da família, alguns gostam outros não. Muitos também seguiram o caminho que os amigos estavam indo, (quando não se sabe qual trilha percorrer o melhor é ir com os amigos, não é mesmo).

O problema é que depois que você percebe por onde está indo, pode já ter passado alguns anos e também gasto muito dinheiro com os estudos, investimentos ou trabalhando em algo que não vai dar certo com você. Lembrando desde já, que tudo que você estudou, fez, e as experiências que teve até o momento, foram de certa forma positivas e somaram em sua vida, incluindo todos os erros e fracassos que teve. Tudo foi caminho para chegar onde chegou hoje, não existe algo que não foi bom, apenas não foi o seu ideal correto. Bom e ruim são definições que criamos para comparar e poder endireitar o sentido que não é aquele que realmente estamos buscando ou procurando atingir. São os sinais que recebemos, mas ignoramos por falta de consciência.

Talvez você esteja começando a se perguntar: O que eu tenho que fazer para que as coisas, meu trabalho, profissão comecem a fluir de uma maneira natural, igual como acontece com outras pessoas? O que eu preciso entender e fazer para que meus sonhos, ideais se tornem realidade na minha vida? Onde se aprende isso tudo?

Bem, eu recomendo que leia o texto até o seu final, pois é disso que se trata esse texto. Vou tentar lhe mostrar um caminho que até agora você pode não ter percebido e talvez nem sequer tenha escutado. O que você precisa saber e estudar chama-se Autoconhecimento. Só quem se conhece de verdade e coloca em prática o autoconhecimento, é capaz de ser feliz e alcançar os objetivos que almeja. Guarde esse nome *Autoconhecimento.

No meu curso Os Caminhos Para Despertar e nas palestras que ministro, eu descrevo e falo muito dos mestres espirituais e também das pessoas que também entendem do poder interno que todos nós temos, pessoas que tem saúde, dinheiro, prosperam, são felizes e vivem em paz. Infelizmente aqui no ocidente é ensinado muito pouco ou quase nada sobre esses assuntos que realmente são importantes para a vida de todos nós. Nas escolas, faculdades, culturas, religiões e nos canais de tv e rádio o autoconhecimento quase nem existe, ninguém fala sobre o assunto. É claro que tem um motivo por trás disso tudo e eu compreendo muito bem. É insano, mas é real. Falando de mestre, iniciamos o assunto com a seguinte frase.

Buscai primeiro o Reino dos céus, e tudo o mais lhe será dado.

O reino dos céus está dentro de vós.

Jesus de Nazaré

Como o mestre já falou, devemos entender que é para buscar algo dentro de nós, e tudo nos será dado, TUDO. Isso inclui ser feliz, ser alegre, ter saúde, e também ter abundância nas coisas materiais e prosperar em outros sentidos. Foi ele quem falou então se alguém entendeu errado pode ficar à vontade em retirar algumas coisas da sua lista. Digo isso pois muitas pessoas acreditam que não podemos ou devemos ter tudo. É preciso sofrer na vida, tudo tem que ter sofrimento… O ser humano adora sofrer, é impressionante o quanto somos autodestrutivos.

Então quando falamos em ser feliz, alegre, ter relacionamentos saudáveis e ainda ter sucesso e dinheiro, humm… Será que pode? Quanta bobagem eu vejo as pessoas falarem e fazerem devido a uma ideia mental que criaram durante suas vidas.

Infelizmente o ser humano aprecia o sofrimento em detrimento da alegria, quanto mais sofre mais merecedor sente que é. Até nos relacionamentos isso é real, parece que quanto mais sofreu ou sofre por alguém, mais ama. Se foi sofrido é porque é real. Só que não funciona assim na realidade. Se você acha que tem que sofrer então você já está condenado ao fracasso em todos os sentidos. Nessa altura o Deus que você acredita é meio ruim e que você precisa provar algo para ele, senão ele vai te punir. O melhor a fazer é mudar de Deus, não ria é sério.

Entenda algumas coisas antes de seguirmos com o assunto, é preciso certo embasamento teórico para que você possa utilizar esse texto na sua vida. Existe uma coisa chamada: Crenças, hábitos e ciclos. Tudo isso de certa forma são condicionamentos que você tem dentro de você, e isso tudo está em algum lugar dentro da sua mente. O problema são as crenças ou condicionamentos que você tem e que são destrutivos e não deixam que sua vida ande ou de os frutos que tanto espera.

É preciso rever as crenças e se livrar de todas as que lhe fazem mal. Isso inclui as crenças religiosas e populares, por exemplo: Rico não vai para o céu; Pobre nasce pobre e morre pobre; Tem que sofrer para ter as coisas (isso não significa que você não tenha que batalhar e correr atrás do seu sonho); Só os escolhidos vencem na vida; Etc…etc… São muitas as crenças, hábitos e ciclos viciantes que você precisa mudar em seu padrão mental. Ser negativo ou positivo, é uma questão de escolha. É preciso fazer uma “faxina mental” e mudar a forma de ver as coisas e a vida, caso contrário você não vai conseguir mudar nada e também não irá conseguir alcançar seus objetivos. Sua mente é sua única prisão.

Se o Deus que você acredita é bom, amoroso, fiel e quer te ver bem e feliz, então você está bem na foto, parabéns. Agora terá chances de encontrar o reino dos céus ou o autoconhecimento em você. Porém, temos uma situação que muitos não gostam, não aceitam ou não irão gostar, e é aqui que separamos as pessoas do sucesso, das que fracassam (em todos os sentidos).

É preciso destacar algumas coisas importantes também. Existem aquelas pessoas que acham e acreditam que apenas quando alguma coisa externa acontecer é que suas vidas irão mudar. Tem as que acham que quando o governo mudar suas vidas mudarão também. Quando o presidente do pais mudar as coisas vão melhorar. Todo o meu futuro depende do partido que está no poder. E a crise. O problema são meus pais. Talvez o problema seja os vizinhos, a cidade que eu moro. São infinitas as desculpas que as pessoas se dão para encontrar uma maneira de dizer que suas vidas vão de mal a pior devido a fatores externos. A culpa é sempre de alguém e nunca delas mesmas, já percebeu isso?

É o seguinte: se você pretende ficar bem em sua vida e prosperar o maior segredo de todos é você parar de colocar a culpa das coisas erradas ou das desgraças que acontecem na sua vida em Deus, na religião, na cultura, nos pais, no pais ou cidade que mora, nos vizinhos, nisso ou naquilo ok.

Pessoas que fazem sucesso e prosperam em seus ideais e em qualquer coisa na vida, normalmente colocam a culpa de tudo que acontece nelas mesmas, ou seja, se errou a culpa é minha e se acertou é minha também, nada de ficar colocando Deus e o mundo em tudo, como se fossemos fantoches sendo controlados por alguém em algum lugar. É aqui que o autoconhecimento nasce, quando começamos a entender que somos responsáveis por tudo que acontece e também deixa de acontecer em nossas vidas. Se Deus é o nosso criador e nós somos filhos dele, então somos co-criadores também. É preciso assumir as responsabilidades disso tudo para que enfim você entenda a mensagem dos mestres espirituais que já passaram por esse mundo.

A vida é um eco, se você não está gostando do que está recebendo, observe o que está emitindo.

Sidarta Gautama – Buda

Emitimos para a vida ou para o universo, através das nossas ações, atitudes e principalmente dos nossos pensamentos. Já é, e foi comprovado diversas vezes que nossos pensamentos nos movem em todos os sentidos. Já está mais do que provado que só por mudar a maneira de pensar sobre algo, esse algo muda para você. Pare e pense agora mesmo que você é uma pessoa incapaz, sem inteligência e que não tem capacidade para fazer qualquer coisa que seja, pense e veja o que acontece com você. No mesmo momento somos jogados para baixo e um sentimento ruim surge. Agora mude os pensamentos e diga para si mesmo que é capaz e que tem capacidade para fazer o que for preciso. Mesmo que não acredite em si ou que no momento não tenha capacidade real de fazer isso que pensou, mude o pensamento para algo mais próximo, por exemplo: Eu posso apreender sobre tal coisa e logo vou conseguir fazer. Entenda as diferenças de se pensar de outra maneira. Mude o paradigma mental. Mude o seu ponto de vista. Esse é o primeiro segredo, é entender que mudando a forma de pensar, podemos mudar toda a nossa realidade.

Se podemos mudar nossos pensamentos, também podemos alterar o rumo de nossas vidas, mas para isso precisamos entender um outro segredo que eu sempre falo com meus pacientes, alunos e também para amigos e familiares. Se quer fazer sucesso na vida profissional o que você precisa entender é que o único trabalho que funciona e flui de verdade é aquele que você não trabalha. Quer saber se gosta do seu trabalho, basta você lembrar das noites de domingo, lá pelas vinte e duas horas, logo depois que certos programas de televisão estão terminando e você já começa a estremecer, começa a pensar coisa do tipo: “Amanhã começa tudo de novo”; “Vamos à luta”. Um sentimento de tristeza começa a surgir, você respira fundo e segue em frente. Já na segunda feira depois do almoço ou até mesmo no café da manhã já comenta com o colega, “Não vejo a hora de chegar sexta feira”. Ou seja, é claro que você não gosta do seu trabalho e também pode ter certeza que sua vida está fora dos trilhos. Segurar um fardo todos os dias não é vida, é desumano.

Eu entendo que você pode pensar que as coisas são difíceis e que no momento pode ser que as opções sejam poucas, mas o que é preciso entender é que tudo é impermanente, tudo muda e tudo passa. Encontre algo ou um trabalho que lhe de vontade de fazer, não importa o que seja, comece por aí e os benefícios vão aparecer bem logo. Em um mundo perfeito, uma pessoa precisa encontrar em sua vida algo que faria até de graça. Depois que você encontrar esse algo, de um jeito de ganhar dinheiro com isso. Certamente você vai crescer e prosperar naturalmente, pois fazer todos os dias uma coisa que gosta é o mesmo que brincar todos os dias no trabalho. Ou seja, você não trabalha, se diverte!

Quando estamos se divertindo nosso corpo está sentindo prazer, o prazer é tudo que precisamos para saber se algo é bom ou não. Desprazer é descaminho. O seu caminho no quesito profissional, de carreira ou empresarial, deve ser medido pela quantidade de prazer que você tem em fazer isso. Por esse motivo as crianças brincam tanto, porque é divertido e gera prazer. Quando sentimos prazer, nosso cérebro libera muita endorfina para o corpo, endorfina é um neurotransmissor que faz com que o corpo sinta o bem-estar e relaxamento.

Quando fizemos esportes ou exercícios físicos, logo depois sentimos uma sensação de bem-estar e leveza, essa sensação é a endorfina que está na corrente sanguínea. Também recebemos outros neurotransmissores como a dopamina, serotonina que são responsáveis por termos vontade, ânimo, ficamos mais calmos e tranquilos, os pensamentos diminuem e conseguimos pensar melhor. Fora que existem muitos outros benefícios, a lista é grande. Então imagina você o dia todo fazendo algo que realmente gosta. Será que dá para ficar triste? Basta pensar em algo e logo acontece, pois só o fato de estar alegre e feliz você emite uma energia que contamina as pessoas e tudo ao seu redor conspira ao seu favor.

Outra questão que gostaria de levantar aqui é sobre o nosso poder pessoal. As pessoas não sabem, não acreditam ou não aceitam e também podem apenas não ter experimentado o que é conseguir mudar as coisas em suas vidas e por isso nem tentam duas vezes. Nunca desista de alcançar um objetivo, não importa qual seja, se você gosta e sonha com fazer algo que vai lhe fazer e ser mais feliz, tanto pessoalmente quanto profissionalmente, vai atrás e ponto final.

Não escute as pessoas negativas, muitas podem dizer que é difícil, que não é para qualquer um, que é complicado e isso e aquilo. Essas são as que fracassam, as pessoas não conseguem as coisas na vida e depois ficam poluindo a mente das outras. Elas não atingem os seus objetivos e inconsciente querem que você fracasse também, assim elas se sentem melhor por ver que você foi incapaz. Existe um sentimento de alívio para elas, como se o fato de não terem conseguido atingir algo e você também não, lhes mostrasse que é difícil e complicado, também não se sentem inferiores. Tente eliminar essas pessoas de sua vida, fique sempre do lado das pessoas que são positivas, que lhe dão motivação e estão dispostas a errar. Errar não é feio! Feio é você nem tentar fazer por que tem vergonha do que outros irão falar de ti.

Para você saber quais são as pessoas que deve evitar, é só prestar atenção nelas. Normalmente as pessoas negativas tem a tendência de falar mal dos outros, de reclamar de tudo, de por defeito em qualquer coisa que seja, a culpa de seus problemas é sempre em algo que aconteceu, estão sempre falando de doenças. Também quando começa a falar de algum assunto importante, nunca tenta encontrar a solução e já resolver o problema, estão sempre empurrando tudo com a barriga, como se não precisassem fazer nada para mudar alguma coisa. Essas pessoas vivem de esperança. Esperança vem do verbo esperar, eu espero, tu esperas, ele espera… E todos esperam e ninguém faz nada. Acreditam que um dia as coisas vão melhorar, “Tenho esperança que a vida vai mudar e melhorar” dizem. A Questão é que quem tem esperança já perdeu a ação. Sem atitudes e pensamentos positivos sua vida só vai mudar no dia de são nunca.

Preste atenção, no final da vida todos morrem, isso é fato. O corpo físico morre e partimos para o outro lado. Em uma pesquisa feita com diversas pessoas que estavam já nos seus dias finais aqui dessa vida ou no leito de morte, foram perguntadas a essas pessoas qual era o maior arrependimento que elas tinham ou tiveram em suas vidas. A resposta da grande maioria não foi de falar dos arrependimentos no sentido de terem errado algo ou magoado pessoas, as respostas foram diferentes, o que elas sentiam como um grande arrependimento, era de não ter tentado fazer diferente, ser elas mesmas, se arriscar em outros amores, outras profissões, viajar mais e fazer o que gostavam de verdade ao invés de fazer aquilo que era, ou pelo menos parecida ser o correto ou o mais sensato. Viveram para sobreviver e não viveram a vida que poderiam ter vivido. Deve ser um sentimento de decepção e um tanto frustrante ver isso quando se está nessa situação.

Não queira deixar você também para se arrepender das coisas que deixou de fazer quando já estiver beirando a morte. Aproveite sua vida e se arrisque quantas vezes for preciso. Não seja nunca, em hipótese alguma, um ser humano de segunda mão, que desistem de tudo, não se permitem errar. Um ser humano de primeira mão é aquele que não se importa com o que vão dizer de você, ele se importa com as atitudes e com a visão que ele tem dele mesmo. Ele acredita no seu potencial e desenvolve-se no que for preciso, aprende as lições e observa as pessoas que são exemplos. Olhe para frente, você não é seu passado. Se errou um dia não significa que vai errar sempre. Se permita fazer tudo de novo, faça sua vida valer a pena. Isso é amor próprio.

Falando em amor próprio, durante toda a nossa vida somos ensinados a amar tudo e todos. Ame o pai e a mãe. Ame seus irmãos. Ame seus amigos. Ame Deus. Ame os colegas. Ame isso, ame aquilo. Agora ninguém fala para se amar, amar-se e se conhecer. “Conhece-te a ti mesmo”. Ame a si mesmo. Dizem que isso é egoísmo, como se soubessem o que estão falando. O ego é para ser estudado e depois transcendido. Como que uma pessoa pode amar alguém se ela não se ama? Como que uma pessoa pode viver com outra se ambas não gostam de si próprias? Eu não gosto de mim, mas você deve gostar de mim do jeito que eu sou. Entenda.

Em resumo desse pequeno texto, devemos levar em consideração alguns fatores que se aplicados corretamente, irão mudar sua vida.

  • Tudo é possível para aquele que acredita em si próprio.
  • As atitudes, ações e pensamentos mudam nossa vida e nossa realidade.
  • Você precisa mudar ou retirar as crenças que te limitam de alcançar o teu sucesso.
  • Vai atrás dos seus sonhos, não escute os fracassados, olhe para frente e foca no objetivo.
  • Encontre algo que lhe divirta e arrume uma maneira de ganhar dinheiro com isso.
  • Não é feio errar. Feio é não tentar e se sentir um lixo por dentro.
  • Estude autoconhecimento. Essa é a chave para quem busca despertar, fazer sucesso e ser feliz.

Espero que o texto tenha tido o efeito que eu desejei, de mostrar para você que não existem barreiras para aqueles que tem coragem e usam o poder interior para fazer as mudanças que são necessárias. Sei que é preciso estudar e também dedicar bastante tempo para entender os mecanismos e ferramentas para que possamos de vez por todas colocar isso tudo em prática.

Coragem sempre. Vai e desperte para a vida. Pois a vida não começa quando nascemos e sim quando despertamos.

Agradecimento especial a Diretora da Revista Muyguapa, Gabriela Mattes Brustolin.

18698451_1702654089752421_6627138121605009986_n

Autor Gregóryo Franceschini

Parapsicólogo Clínico – Hipnotista – Ciêntista Mental – Professor de Autoconhecimento – Palestrante – Tecnólogo – Fundador do Instituto Eu Desperto.

Leia Também

Os Ciclos

   Todos os ciclos em que trilhamos, chegamos sozinhos e partimos sozinhos.   É natural …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *