Download http://bigtheme.net/joomla Free Templates Joomla! 3

Tempo

 

Chegará o tempo que não haverá mais tempo.

Matheus 25:31

 
Imagem3
Eu vejo a vida melhor no futuro
Eu vejo isso por cima de um muro
De hipocrisia que insiste em nos rodear
Eu vejo a vida mais clara e farta
Repleta de toda satisfação
Que se tem direito do firmamento ao chão
Eu quero crer no amor numa boa
Que isso valha pra qualquer pessoa
Que realizar a força que tem uma paixão
Eu vejo um novo começo de era
De gente fina, elegante e sincera
Com habilidade
Pra dizer mais sim do que não, não, não
Hoje o tempo voa, amor
Escorre pelas mãos
Mesmo sem se sentir
Não há tempo que volte, amor
Vamos viver tudo que há pra viver
Vamos nos permitir
Lulu Santos

A arte da permissão é o ultimo grau do entendimento em que todos se batem até se machucar, tanto até dizer chega. Como os antigos sábios já diziam “o tempo cura tudo”. A permissão é a parte mais difícil de entender e fazer acontecer, soma-se crenças e velhos hábitos a serem enfrentados para ser de certa forma transformados em novos conceitos, ou apenas abandonados. Quem da “soco em ponta de faca”, dito popular, uma hora percebe o que está fazendo e para. O problema são aquelas pessoas que foram “ensinadas” a não sentir dor, ou ainda pior, que a dor não existe e que deve seguir em frente como um guerreiro. Um tolo guerreiro é claro.

Quando falamos de tempo cronológico deixamos que nosso passado nos segure a ponto de achar que uma mudança é impossível, e o cômodo de ficar na mesma e não se dar ao luxo de tentar mudar algo faz do indivíduo um zumbi que segue o mesmo padrão antigo, tanto de pensamentos quanto de crenças e rituais que segue. O relógio e o calendário são meros símbolos de contagem, mas dentro de uma cabeça fechada isso é uma religião.

Quando pequenos fomos a igreja, falaram coisas sobre Jesus e sobre a bíblia e nós acreditamos pois era tudo o que tinha para acreditar, Deus me livre ir contra alguma religião, exclusão na certa e nem ia poder passar na rua da igreja, é feio. Tudo que ensinam tem como base o sofrimento, sim é um fato essa verdade, tanto que até hoje na cabeça de bilhões de pessoas o sofrimento é considerado algo “bonito”. Quem já sofreu na vida tem direito e merece se dar bem, depois de tanto sofrer agora merece descanso, e tem também direito a ir para o céu, para o descanso eterno. Até acordar do outro lado e ver que não é bem assim.

E com a base no sofrimento, é natural que as pessoas não se permitam ser felizes, mudar de vida, mudar as coisas da vida e qualquer situação de vida que deseje. Como poderá fazer isso se aprendeu que se deve sofrer e passar por todas as dificuldades que a vida impõe? Quando mudará essa crença se ainda frequenta os mesmos lugares, conversa com as mesmas pessoas, lê os mesmos tipos de livros e ainda por cima quando alguém diz algo novo, já se fecha e diz, “Eu não; Comigo não; É do Meu jeito.”

Mente fechada e que não se permite olhar as coisas com olhos diferentes, ter um novo olhar, mudar o paradigma, nunca em hipótese alguma vai dar um passo a frente. Para aprender se permitir é preciso estar aberto ao novo, é preciso fazer sacrifícios para “encontrar palavras novas no dicionário”, é preciso também ter coragem e fazer mudanças no dia a dia ou mês a mês para que mais a frente essas mudanças façam a diferença e nesse instante a oportunidade venha no momento certo e oportuno.

Você vai morrer um dia sabia, e pode ser amanhã. Vai esperar para parar com o sofrimento e se permitir melhorar ou mudar quando? Talvez precise de alguns milhões na conta bancária. Talvez leve uma vida para ter esses milhões que quando os tiver morrerá de tanta felicidade com um infarto, Rss.

Mude o que tiver que mudar, não precisa fazer isso hoje, poder fazer daqui uns dias, mas sim se permita a mudar, se permita a olhar as coisas com outros olhares, seja mais leve, seja menos duro com você e verá que assim você solta algo e acaba permitindo que o novo entre e permaneça por muito tempo. Só entenda que precisa sim ter uma atitude interna, pois só assim algo externo mudará, é a Lei.

De tempos em tempos mudamos e se transformamos em pessoas melhores ou piores, tudo depende do seu estado de consciência, se está evoluindo é porque apreendeu que tudo é reflexo interno e agora basta plantar correto que tudo poderá ser mudado com muita rapidez.

Às vezes precisamos adquirir muitos conhecimentos, as vezes precisamos por em prática esses conhecimentos e fazer deles algo nosso. Dessa forma estamos sendo sábios e podemos perceber que o conhecimento adquirido agora virou prática e, portanto virou real. Através dos nossos atos, gestos e das atitudes que tomamos, vamos experimentando aquilo que no passado foi absorvido. Às vezes temos que ler, às vezes escrever, às vezes mostrar, às vezes ocultar, às vezes aparecer, às vezes sumir e ir experiênciar, e às vezes só observar.

As mudanças só acontecem quando paramos de segurar o antigo. Até quando mudamos a postura, engordamos ou emagrecemos coisas novas chegam, isso acontece por que mudou o corpo e o reflexo vem de todos os lados, parece milagre. Os anos vão passando e de repente nada aconteceu na sua história que seja diferente ao que já vinha acontecendo a muitos anos. Já se perguntou os motivos de ter uma vida “igual” ao das outras pessoas. A diferença entre um e outro é muito pequena, um sabe que pode escolher e o outro ainda não sabe. O que sabe que pode mudar e se permite, cria e faz acontecer.

O tempo não para, talvez ele nem exista. Já ta parado.

Vamos nos permitir?

Autor Gregóryo Franceschini

Parapsicólogo Clínico – Hipnotista – Ciêntista Mental – Professor de Autoconhecimento – Palestrante – Tecnólogo – Fundador do Instituto Eu Desperto.

Leia Também

Pare ou a Vida Lhe Para!

Quando não paramos para cuidar dos nossos sentimentos, do nosso interior, a vida nos para, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *